Aproveite

:

quarta-feira, 12 de julho de 2017

Lava Jato suíça' não será desmontada, afirma MP em Berna..

Grupo com procuradores, especialistas, investigadores e técnicos forenses será mantido na Suíça, apesar das mudanças no Brasil Se no Brasil a Polícia Federal extinguiu o Grupo de Trabalho da Operação Lava Jato. 


  • Criado para atuar exclusivamente nas investigações do mega esquema de corrupção na Petrobrás, a Suíça confirma que a força tarefa que ela criou no ano passado para investigar a corrupção envolvendo o Brasil será mantida e aponta que espera poder continuar a cooperar com os procuradores brasileiros.
  • Mas, à medida que a investigação avançava e diante da proporção que ganhava o caso, os suíços foram levados a ampliar a equipe de investigadores. 
  • O escritório do procurador-geral, Michael Lauber, confirmou que a força-tarefa criada na Suíça para investigar a corrupção no Brasil envolve mais de uma dezena de pessoas. "O processo da Petrobras é complexo e é conduzido por uma força tarefa que consiste de vários procuradores em várias localidades", indicou o MP, ainda no ano passado.
  • A força-tarefa suíça inclui analistas forenses, analistas de tecnologia da informação, especialistas em lavagem de dinheiro, advogados e especialistas em corrupção internacional. Segundo o MP, a força-tarefa ainda é reforçada pela presença da Polícia Federal suíça, além do Escritório Federal de Justiça. Não existe, porém, qualquer plano para desfazer o grupo e Berna.
  • Not\Estadão

Um comentário:

  1. PARABÉNS DELTAN DALLAGNOL E EQUIPE LAVA JATO ,A MELHOR COISA QUE ACONTECEU NO BRASIL.A NAÇÃO BRASILEIRA TEM ORGULHO DE VOCÊS.!!

    ResponderExcluir