Aproveite

:

sábado, 8 de julho de 2017

E agora, depois de enterrar o processo de cassação de mandato do tucano, o que será que o eleitorado pensa sobre ele?

  • Tábua de salvação de Aécio Neves, o presidente do Conselho de Ética do Senado, João Alberto Souza, do PMDB, torrou 90 000 reais de sua verba de gabinete para encomendar duas pesquisas de opinião no Maranhão, em abril deste ano.
  • Agora, depois de trabalhar para salvar um colega que não tem vergonha de pedir 2 milhões de reais a um empresário investigado, talvez seja melhor não perguntar ao eleitor maranhense o que pensa sobre ele.
  • Caso contrário, corre o risco de ouvir o que não quer, e às custas do erário.

Nenhum comentário:

Postar um comentário