Aproveite

:

terça-feira, 25 de abril de 2017

Cinco aparelhos doados por fabricante chinesa vigiarão locais de difícil acesso, áreas de risco e grandes eventos; prefeito faz teste no Viaduto do Chá. O prefeito de São Paulo, João Doria (PSDB), mostra o Dronepol (Secretaria Municipal de Segurança Urbana/Divulgação)

  • O prefeito de São Paulo, João Doria (PSDB), anunciou nesta segunda-feira o lançamento do programa Dronepol, que vai monitorar áreas de difícil acesso, ocupações em áreas de risco e grandes eventos com a ajuda de drones.
  • Serão cinco drones e 15 kits com câmeras doados pela fabricante chinesa Dahua Technology, em parceria com a empresa PGIDB. O equipamento foi testado pelo prefeito durante a tarde nos arredores da Prefeitura, no Viaduto do Chá.
  • Segundo a prefeitura, a doação em equipamentos está estimada em cerca de R$ 650 mil. 
  • Já a companhia Airobotics doará R$ 150 mil em serviços de suporte e consultoria, que compreendem atividades de capacitação operacional e apoio estratégico.

Nenhum comentário:

Postar um comentário