Aproveite

:

sábado, 3 de dezembro de 2016

Políticos com altos salários e roubando dinheiro público para pagar até pensão de filho, Cartão corporativo o assalto mais cara de pau contra a sociedade.
  • O nome já diz seguro, você paga pra ter, assim como o PIS, nada é de graça tudo está embutido no que você paga, ou deixa de receber, como um salário melhor, ou aquela participação de lucro que você não recebe quase nada ou nada, aquela comissão ou variável que o cidadão é surrupiado 
  • A sociedade paga para ter seus direitos, mas o PT surrupiou até esses direitos, não bastava roubar o que ja estava nos cofres públicos tinha que enfiar as mãos sujas nos bolsos da  sociedade. 
  • E a CUT estava preocupada em salvar o emprego da Dilma, porque não existe nem nunca existiu sindicatos de nenhuma categoria para defesa de trabalhadores, sempre foi e sempre será escórias na sociedade.
Cartão corporativo durante o governo PT
Ano Total
2014 R$ 8.762.783,22
2013 R$ 5.607.113,97
2012 R$ 4.096.503,29
2011 R$ 5.187.084,32
2010 R$ 6.150.534,81
2009 R$ 6.785.519,87
2008 R$ 4.882.718,35
2007 R$ 3.845.356,36
2006 R$ 4.871.318,49
2005 R$ 5.207.225,47
2004 R$ 6.462.148,47
2003 R$ 5.606.183,22
2002 R$ 1.045.110,75

Gastos diretos gabinete institucional da Presidência da República
Ano total
2014 R$ 859.023,99
2013 R$ 490.652,34
2012 R$ 413.896,88

Gastos com cartões corporativos do governo federal
Ano total
2014 R$ 65.274.622,26
2013 R$ 61.792.021,67
2012 R$ 59.645.468,15
2011 R$ 58.743.558,95
2010 R$ 80.079.782,60
2009 R$ 64.547.860,27
2008 R$ 55.257.326,02
2007 R$ 76.254.491,76
2006 R$ 33.362.544,98

2005 R$ 21.706.269,63
2004 R$ 14.151.233,77
2003 R$ 9.262.660,44
2002 R$ 3.004.180,40

Nenhum comentário:

Postar um comentário