Aproveite

:

quarta-feira, 3 de maio de 2017

A população brasileira vem acompanhando a Lava-Jato nestes últimos três anos com entusiasmo. Nunca se viu tanto político e empresário corrupto sendo investigado, acusado e condenado. 

Zé Dirceu, que já tinha sido condenado pelo esquema do Mensalão, acabou sendo condenado de novo pela força-tarefa da Lava-Jato.
O empresário Eike Batista, por sua vez, foi um homem que a mídia vendeu como ícone nacional. Ele, além de ter ficado bilionário e ter chegado ao status de homem mais rico do país, tudo isso graças às suas relações promíscuas com o governo petista, virou também uma estrela pop.
Quando ambos foram detidos, houve comemoração. Não é para menos. Ver pessoas corruptas e criminosas serem punidas por seus crimes é gratificante para qualquer cidadão honesto, mas não durou muito. Na mesma semana em que Eike foi permitido da prisão pelo STF, o mesmo tribunal liberou Zé Dirceu.
Not\JRLivre

Nenhum comentário:

Postar um comentário