Aproveite

:

quinta-feira, 29 de junho de 2017

Após reforma trabalhista, Maia diz que vai trabalhar por votos para a da Previdência, no dia seguinte à aprovação da reforma trabalhista na Câmara, o presidente da Casa, deputado Rodrigo Maia (DEM-RJ), afirmou que vai trabalhar para conseguir votos para outra reforma
proposta pelo governo, a da Previdência
.

  • A mudança nas regras previdenciárias, que, entre outros pontos, vai estipular uma idade mínima para aposentadoria, é uma das principais medidas da gestão do presidente Michel Temer para sanear as contas públicas. 
  • No entanto, o tema enfrenta resistências dentro da própria base do governo. 
  • Os votos favoráveis à reforma trabalhista, 296, não seriam suficientes para a reforma da Previdência, que, por ser uma alteração na Constituição, precisa de 308 deputados a favor para ser aprovada.
  • Para Rodrigo Maia, a votação da reforma trabalhista mostrou um movimento crescente de votos a favor do governo.
  • “Eu vou trabalhar para que possamos chegar no plenário com número para que a gente possa aprovar a reforma da Previdência”, disse Maia.
A PEC 280\08

Explicação da Ementa
Limita em 250 o número de Deputados que integram a Câmara dos Deputados e cria normas para que nenhuma unidade da Federação fique com menos de quatro ou mais de trinta representantes.
Sabemos que hoje, no Brasil, o salário de um deputado é cerca de R$ 26.723,13 (Decreto Legislativo 805/10). A Câmara dos Deputados compõe-se de 513 deputados, ou seja, gastamos cerca de R$ 13.708.965,69 mensais apenas com o salário desses parlamentares!! Se aprovada a PEC 280/08, haveria uma redução de R$ 7.028.183,19 mensais aos cofres públicos!! Nota: esse valores referem-se somente ao salário e não inclui a cota de despesas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário