Aproveite

:

quinta-feira, 29 de junho de 2017

Após cerca de 14 horas de sessão, a Comissão de Constituição e Justiça do Senado aprovou nesta quarta-feira (28) o relatório de Romero Jucá (PMDB-RR) favorável à reforma trabalhista e sem alterações ao texto aprovado pela Câmara dos Deputados. A CCJ também aprovou o regime de urgência para o projeto, ou seja, o texto já pode ser votado em plenário após duas sessões.


Observação, a única coisa que deveria ser mudado nessa reforma é contribuição sindical, ou que tivessem feito votação pela população através da internet, no que deveria mudar ou não

CONTRIBUIÇÃO SINDICAL
Deixará de ser obrigatória. Caberá ao trabalhador autorizar o pagamento;
Atualmente, é obrigatória e descontada uma vez por ano diretamente do salário do trabalhador.


PEC 280\08 legado de Clodovil

Reduz o numero de deputados economizando mais de meio milhão anual.

Nenhum comentário:

Postar um comentário