Aproveite

:

domingo, 25 de junho de 2017

A menção ao prefeito se deu no contexto em que o ex-presidente argumentava que os eleitores priorizarão lideranças em detrimento de partidos políticos em 2018. 

  • O exemplo usado por Fernando Henrique para ilustrar essa inclinação do eleitorado foi a eleição do presidente Emmanuel Macron, na França, que se apresentou como candidato de centro que gravava e compartilhava suas agendas de campanha nas redes sociais.
  • “Por que o prefeito de São Paulo está fazendo algum sucesso? 
  • Por que ele manipula isso aqui [FHC tirou o celular do bolso] o tempo inteiro. Ele mudou alguma coisa? Eu não vi, mas isso aqui ele saber fazer [comunicação]”, declarou, segundo o jornal.
  • “Não estou propondo que seja ele [o candidato], não, mas acho que precisamos mudar de geração. 
  • Para poder fazer frente a esse mundo novo, precisamos de outra cabeça, outra geração, pessoas que possam se comunicar com os mais jovens e de maneira mais atualizada”, contemporizou FHC.

Nenhum comentário:

Postar um comentário